UMA VERDADEZINHA: eu não carrego granada nem foice, só um manto preto com capuz quando faz frio. E não tenho aquelas feições de caveira que vocês parecem gostar de me atribuir à distância. Quer saber minha verdadeira aparência? Eu ajudo. Procure um espelho enquanto eu continuo.

Morte, em “A Menina que Roubava Livros”, de Markus Zusak  (via recantos)